Notícias

Santo Antonio do Sudoeste: Prefeito Ricardo faz avaliação especial das ações realizadas no Município

Postada em 31/05/2014

O Prefeito Municipal, Ricardo Ortiña, avaliou os diversos trabalhos desenvolvidos em Santo Antonio do Sudoeste, visando sempre o bem estar dos munícipes e a construção de um Município cada vez melhor para toda a comunidade santoantoniense

 

Atualmente, Santo Antonio do Sudoeste é destaque em todo o Estado do Paraná, principalmente na região Sudoeste. Isso é resultado do trabalho e do empenho de toda a equipe da Administração Municipal, que está sempre envolvida na busca de recursos e na realização de importantes ações, que melhorem a qualidade de vida da população e promovam o desenvolvimento do Município como um todo.

 PREFEITO MUNICIPAL

Ricardo Ortiña informou que no momento os trabalhos estão focados na organização dos projetos de engenharia, licitações e início de obras, visto que há um prazo até o dia 4 de julho para que esses processos sejam cumpridos, depois dessa data, até passado o período eleitoral, nenhuma obra poderá ser iniciada. “As obras que estão sendo executadas não terão influência nenhuma, deveremos agilizar apenas os projetos que serão iniciados e que encontram-se em avaliação na Caixa Econômica Federal,  na Prefeitura Municipal ou que já estão em processo licitatório, para que não percamos os prazos estipulados”, destacou.

Universidade

Recentemente o Prefeito manteve contato com parlamentares representantes da região, entre elas a Deputada Luciana Raffagnin, para pleitear o campus da universidade federal para Santo Antonio do Sudoeste. É importante destacar que o Município já foi contemplado com uma UAB (Universidade Aberta do Brasil), sendo que a meta é ofertar de três a cinco cursos de pós-graduação, porém a universidade presencial e gratuita ainda continua seno uma luta da Administração Municipal, junto ao Governo Federal, por meio do MEC (Ministério da Educação). “Nós estamos sempre trabalhando e lutando pelo melhor para o nosso povo. A universidade presencial é um dos maiores objetivos da nossa Administração e um grande sonho que nunca vamos abandonar”, disse Ricardo.

Alfândega

Ricardo Ortiña ressaltou que está mantendo tratativas diretamente com a Deputada Luciana Raffagnin e com o Deputado Zeca Dirceu para a instalação da Polícia Federal no Município. “Nos próximos 30 dias estaremos trabalhando para fazer o pátio onde a alfândega será instalada, para que dentro de 60 dias possamos inaugurar a Receita Federal. Após essa inauguração, faremos a mobilização política para que os órgãos da Polícia Federal e do Ministério da Agricultura venham para o Município a fim de alfandegar essa estrutura também para turismo, sendo esse o nosso principal objetivo. Também temos o sonho de alfandegar a Aduana para transporte de cargas”.

Este é um projeto complicado, pois depende de um conjunto de ações entre o Brasil e a Argentina. Nesse sentido, no final desta semana, o Prefeito, juntamente com o Secretário de Administração, Clodomir Fiorentin, estive em Foz do Iguaçu participando de uma reunião de faixa de fronteira, onde foi discutida a situação de todas as aduanas e dos municípios confrontantes com cidades gêmeas.

Busca de recursos

O Prefeito destacou que toda a equipe da Administração está empenhada na busca de recursos e investimento para Santo Antonio do Sudoeste, a fim de construir um Município cada vez melhor, que ofereça ainda mais a qualidade de vida para a população. “Nesses cinco anos do meu mandato nunca paramos de construir, estamos sempre atuando, buscando o melhor para o Município. Todas as ações dependem de uma grande equipe, do esforço da Administração, dos deputados que nos representam e depende dos governos Estadual e Federal para a liberação dos recursos. Temos que atender bem todos os munícipes, principalmente as pessoas mais carentes que necessitam de auxílio. Nesse sentido, já asfaltamos alguns bairros e agora também estaremos fazendo as obras de calçamento”, pontuou.

Habitações

Está sendo concluído mais um projeto de 40 habitações, que abrigarão as famílias residentes nas áreas de risco localizadas próximo da Associação Comercial e da Vila Aurora, que sofrem com os transtornos ocasionados em dias de chuvas torrenciais. Essas moradias estão sendo executadas por meio da Caixa Econômica Federal e foi realizado o processo licitatório para a escolha da empresa que ficaria responsável pelo conjunto. “Dialogamos com os representantes da Cohapar e pedimos agilidade nesse processo para concluirmos essas casas o mais rápido possível, evitando futuros transtornos e problemas, como os ocorridos devido as últimas chuvas. Queremos retirar todas as famílias que estão em área de risco e abrigá-las em um local mais seguro. Posteriormente, faremos um projeto de aprofundamento do leito dos rios Cedro e Aurora, para minimizar os problemas de enchentes na cidade”, enfatizou o Chefe do Executivo.

As 40 famílias que habitarão as novas moradias já foram selecionadas e ainda há mais 30 famílias a serem escolhidas. Conforme o Prefeito, será dado prioridade para os residentes na Vila Nova e de outras localidades de risco.

Segurança Pública

Ricardo Ortiña lamentou o surto de furtos ocorridos no final do ano passado e nos primeiros meses desse ano. “Tivemos alguns problemas e estamos trabalhando junto com a Polícia Militar, com a Polícia Civil e com o Batalhão de Fronteira para minimizar os casos e prender os autores dos furtos. Para auxiliar nesse trabalho, Santo Antonio do Sudoeste foi contemplado com mais policiais”, disse.

Calçamentos e asfalto

De acordo com o Prefeito, a Administração Municipal está trabalhando com um projeto de R$ 1,5 milhão para a efetivação de calçamento em várias ruas da cidade, principalmente naquelas em que as estradas ainda são de chão. “Estamos trabalhando intensamente para iniciar essas obras o mais rápido possível. Não haverá mais ruas de chão batido, todas serão calçadas”, afirmou.

Conforme o Secretário de Administração, Clodomir Fiorentin, as ruas contempladas com as obras são: no Bairro Vila Alta, a rua Antonio Cordeiro e a continuidade da Presidente Tancredo Neves;  no Bairro Princesa Isabel, será efetivado todo o loteamento entre o antigo BNH, passando pela casa dos idosos; também será contemplada a rua Eloina Schereiner; na Vila Catarina, a rua Dall Onder; no Parque das Embaúvas será efetivada a ligação da avenida até o trecho do Pac 2 e a rua que passa em frente ao colégio e que vai até a creche; no Bairro Entre Rios serão efetivadas duas ruas que ainda não possuem calçamento; na Rua Tocantins  será efetivado todo o processo de drenagem, calçadas e calçamentos; e ainda serão asfaltadas todas as ruas do antigo conjunto habitacional do Bairro Sete de Setembro, compreendendo também a rua que circunda a praça Sete de Setembro. É importante ressaltar que todas essas ruas serão efetivadas com o recurso de 1,5 milhão.

O Secretário relatou ainda que outras ruas já foram licitadas para a efetivação das obras de calçamento, entre elas as ruas Padre Baltazar Flores, Rocha Filho e José Muller, todas na Vila Aurora; no Bairro Princesa Isabel também há algumas ruas que estão em processo licitatório, entre elas José Corbari, Gertrudes Ortega, Maria Scalon e a Adalberto Iser.

Ricardo Ortiña disse que há um projeto de R$ 520 mil para a efetivação de asfalto na Rua Laurindo Flávio Scopel até a entrada do Bairro Vila Aurora, descendo até a BR 163; também será efetivada a ponte ligando o Jardim Fronteira à Rua Marechal Deodoro; e na cidade serão efetivadas as ruas Marechal Floriano e General Osório. Há ainda outro projeto de R$ 270 mil para as obras de asfaltamento da Rua Tiradentes. Conforme Ricardo Ortiña, esses dois projetos estão em fase de licitação. “Faremos um trabalho de qualidade, executando os meios fios e as galerias de água, para que o asfalto dure durante anos sem que haja necessidade de manutenção”.

Existe um projeto de R$ 300 mil para a concretização de asfalto nas ruas laterais da Avenida Brasil, porém este ainda encontra-se em análise em Curitiba.

O Chefe do Executivo explanou que nesse primeiro momento está sendo dada uma atenção especial para as obras de calçamento nos bairros, já que as ruas ficaram muito tempo sem investimentos e não encontram-se em boas condições. Em seguida serão asfaltadas todas as ruas do centro e, no último ano de mandato, disse que voltará a atenção para os bairros.

Centro Social do Bairro Princesa Isabel

Atualmente o Centro Social do Bairro Princesa Isabel está em desuso devido a execução de obras de ampliação. “Já foi licitada uma quadra coberta que será construída junto ao Centro Social. Faremos uma junção entre as duas estruturas para que nos dias de festividades a população possa usar a quadra, sendo uma construção ampla e adequada para a realização das mais diversas atividades. Além disso, estaremos pleiteando recursos junto ao Governo do Estado e ao Governo Federal para a construção de um novo centro nesse Bairro”, destacou.

Ricardo Ortiña informou que depois do mês de julho fará visitas em todos os bairros do Município, onde estará explanando sobre os projetos que já foram feitos, as obras que estão em andamento e irá acolher as sugestões apontadas pelos moradores para melhorar a qualidade de vida e em cada bairro.

O Prefeito frisou que a soma de todos os recursos que estão sendo investidos nesse ano em obras ultrapassam o montante de R$ 15 milhões, sem contar aquelas obras que ainda serão executadas. “A população acredita na nossa administração e está percebendo os grandes resultados do nosso trabalho, as melhorias e o desenvolvimento do Município. Ao todo, esse ano, investiremos mais de R$ 20 milhões em Santo Antonio do Sudoeste”, afirmou.

SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO

Clodomir Fiorentin informou que na semana passada participou de uma reunião da Funasa em Maringá, onde, juntamente com outras lideranças, discutiu sobre o PAC Funasa, voltado para o sistema de abastecimento de água. Ressaltou que o convênio desse recurso já foi assinado em Brasília pelo Prefeito Municipal, porém, a partir de agora, deve-se cumprir uma série de exigências para a execução da obra, incluindo processos de licitação, liberação e aprovação do projeto por parte da Câmara Municipal de Vereadores.

Essa foi uma situação abordada pelo Secretário para exemplificar para a população a burocracia existente desde a assinatura do convênio até o início das obras e o grande período de tempo necessário para a realização de todos esses processos, justificando a demora na realização de muitas ações.

Parceria

Clodomir Fiorentin disse que há uma grande parceria entre toda a equipe administrativa.  “Todos trabalham em comum acordo, para que as obras e ações realmente aconteçam em Santo Antonio do Sudoeste, atendendo as demandas existentes, desenvolvendo o Município e beneficiando a população”. Destacou também a parceria com o Legislativo Municipal, que contribui com as ações, aprovando todos os projetos de relevância encaminhados à Câmara pelo Executivo.

“Estamos sempre a disposição na Prefeitura Municipal para atender os pedidos da nossa população”, disse.