Notícias

Ministério da Educação aprova instalação do Instituto Federal Catarinense em Campo Erê

Postada em 14/08/2014

A implantação oficial do Campus Técnico do Instituto Federal Catarinense foi anunciada na manhã de quinta-feira, dia 7 de agosto, durante a visita do Prefeito Rudimar Borcioni e sua comitiva á Capital Federal

 

De acordo com o Prefeito de Campo Erê, Rudimar Borcioni, o Ministério da Educação e Cultura atendeu ao pedido de instalação do campus do Instituto Federal Catarinense no Município. “A audiência foi muito proveitosa, tendo em vista que durante a mesma nós entregamos o projeto e apresentamos todo o processo de instalação do IFC em Campo Erê, bem como as mobilizações feitas na região para viabilizar a concretização desse projeto. Após essa etapa, o Ministério da Educação decidiu aprovar a instalação do Instituto Federal Catarinense em Campo Erê, frisando que esse será um projeto que trará muitos retornos positivos para a nossa região”.

Estiveram presentes na reunião o Secretário Nacional de Educação Profissional e Tecnológica Aléssio Trindade de Barros, Prefeito de Campo Erê Rudimar Borcioni, Vice-prefeito de Campo Erê Alvaro ‘Gringo’ Viganó, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Campo Erê Leonir Teske, Diretor de Desenvolvimento de Rede de Institutos Federais Oiti José de Paula, vereadores, deputados federais e Estaduais, representantes da classe empresarial e educacional e entidades da agricultura familiar. Além da comitiva regional, o evento contou com a participação do Deputado Federal Pedro Uczai, do Deputado Estadual Dirceu Dhresh, assessores dos deputados Padre Pedro e Luciana Carminatti, além de integrantes do IFC. “O projeto do IFC de Campo Erê é prioridade para 2015 na questão de expansão da Rede de Institutos Federais e, desta forma, os estudos para a implantação da instituição no local devem continuar sendo realizados. Após sua instalação, o Instituto Federal Catarinense contará com cursos de curta duração, através do PRONATEC, e logo em seguida com cursos mais extensos”.

Na avaliação das solicitações feitas para implantação de Institutos Federais, Campo Erê teve a maior repercussão em nivel nacional e, por esse motivo, recebeu prioridade nos critérios de execução, tendo por determinação uma imediata avaliação das dependências do Cedup Campo Erê, para o funcionamento do mesmo. “A repercussão do movimento foi tão bem aceita que o Ministério autorizou estudos para que o IFC se torne campus próprio, com investimentos ainda maiores, já que o trabalho apresentado foi o mais bem organizado, apresentando todas as viabilidades e necessidade que a região necessita, além da participação popular”.

De acordo com o Prefeito, o Instituto Federal Catarinense vai atender uma grande demanda da região extremo-oeste catarinense e também de parte do Estado do Paraná. “Muitos de nossos jovens precisam sair do município e da região para estudar e, na maioria das vezes, não retornam. Agora, com a instalação do Campus Avançado, vamos oferecer capacitação em cursos técnicos, graduação e pós-graduação, possibilitando a permanência dos alunos no Município. Sem dúvidas, esta é uma grande conquista”