Notícias

Departamento de Mulheres de Dionísio Cerqueira promove pesquisa para descobrir o perfil da mulher cerqueirense

Postada em 27/09/2014

A pesquisa para expor o perfil da mulher teve início no dia 4 de novembro de 2013 e foi concluída no dia 6 de abril de 2014. 100% das mulheres do Município foram entrevistadas

 

O levantamento de dados foi realizado pela equipe da Viver Desenvolvimento Profissional Ltda., em parceria com o Departamento de Políticas Públicas para as Mulheres e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Dionísio Cerqueira. Todas as residências do Município foram visitadas pela equipe. No total 4.357 mulheres foram entrevistadas, sendo 2.950 na área urbana e 1.407 na área rural.  

Os dados levantados nessa pesquisa serão encaminhados para os departamentos competentes que, juntamente com o Governo Municipal, estarão buscando formas para chegar até as mulheres e resolver os problemas detectados. “Um exemplo que posso citar é o analfabetismo. 29% das mulheres de Dionísio Cerqueira são semi-analfabetas ou analfabetas. A nossa proposta é encaminhar esses dados para a Secretaria Municipal de Educação, a qual, juntamente com a Administração, estará chegando até essas mulheres e buscando formas para que esse problema seja amenizado através dos programas governamentais disponíveis”, explicou a Secretária Municipal de Assistência Social, Marilene Limberger.

Este é o momento de apresentação do resultado da pesquisa para as mulheres, para as entidades e para a Administração Municipal. “A partir disso estaremos elaborando um vídeo e outros materiais, como panfletos e cartilhas. No final do ano também estaremos realizando um seminário para apresentar esses dados para toda a população e fazer a distribuição desse material”, finalizou a Secretária.

 Catia Carine Rasche, Diretora do Departamento de Mulheres, disse que esse é um trabalho que envolve todos os órgãos do Município. “Já estamos nos reunindo com a polícia, com os departamentos municipais e com os outros órgãos públicos para dar encaminhamento às ações”, frisou.

A diretora ressaltou que, tendo como base essa pesquisa, no dia 8 de setembro, no Departamento de Mulheres, teve início a elaboração do plano plurianual do Departamento, para que o mesmo possa ter uma melhor organização e atender as demandas das mulheres.

Aldacir Detofol, Coordenadora da Viver Desenvolvimento Profissional, de Chapecó, explanou que as mulheres tiveram grandes conquistas nos últimos anos e alcançaram os seus direitos perante a sociedade. “As mulheres conquistaram o seu espaço e sua emancipação. Isso pôde ser percebido claramente na pesquisa”, enfatizou.  

Se tratando da violência contra a mulher, a coordenadora destacou que, apesar da forte campanha que está sendo realizado, é necessário avançar ainda mais na conscientização, pois muitas mulheres ainda se calam diante das situações de violência. “Existem diversos mecanismos, como a Lei Maria da Penha e o Departamento de Mulheres, que estão ao lado das mulheres. Os dados da pesquisa não mostraram um grande índice de violência, porém acreditamos que o número apresentado seja maior”, disse.