Notícias

Curso de costura atende mais de 20 mulheres em Salgado Filho

Postada em 23/08/2016

Curso profissionalizante, realizado pelo SENAI, é realizado até novembro 

Cerca de 20 mulheres dedicam três tardes por semana ao projeto do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial-SENAI. Segundo Lenir Reisdoerfer, secretária da Assistência Social, um dos fatores para a realização é a demanda.

A concentração de fábricas no município e região é uma das relevâncias dessa ação que pode vir a possibilitar a inserção delas na indústria. Outro fator é a procura: “Há muito tempo era bem procurado esse curso. Tinha mais de 30 inscritos e tem gente na espera. É por falta de máquina e também de espaço físico que a gente demorou pra ofertar”, declarou.

Os participantes são beneficiários dos programas Bolsa Família e do Programa Incentivo Família Paranaense. Segundo o prefeito, Beto Arisi, essa é uma oportunidade para a inserção no mercado de trabalho: “Nós temos, no ramo da confecção, em torno de 250 empregos gerados. Os empresários que fizeram os seus investimentos em parceria com o município, hoje tem uma procura muito grande por novas costureiras pra ampliar esses serviços. Nós temos condições de disponibilizar em torno de 50 a 60 empregos nos próximos meses”.

Por isso, a capacitação se torna fundamental, mas não apenas isso. Segundo Lenir, a integração também conta pontos no processo de aprendizagem. “O trabalho que a Assistência Social faz, juntamente com psicólogo, com assistência social, com o sistema S (Termo que define o conjunto de organizações das entidades corporativas voltadas para o treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica), não é só pela preocupação do emprego, mas também o que eles aprendem como a convivência com as outras pessoas e família e a maneira de viver”, afirmou.

A parceria com o SENAI existe há 8 anos.