Notícias

Ampére: Zuca Luquini e Nego Corá pretendem reabrir postos de saúde nos primeiros meses de gestão

Postada em 11/10/2016

Candidatos foram eleitos com 39,67% dos votos na eleição de dois de outubro

Três chapas disputaram a majoritária em Ampére. Com 4.437 votos, Zuca e Nego Corá venceram a disputa contra Jeferson Lourenssi, que teve 4.331 votos e Ildo Marchiorips, com 2.416.

A experiência vai contar pontos na gestão. Nego Corá foi vice-prefeito em outra ocasião. “Temos experiência e vamos trabalhar bastante para a nossa população. A partir do dia primeiro de janeiro vamos administrar pra todos, e não somente para aqueles que votaram em nós”, afirmou o eleito a vice-prefeito.

Nessa nova etapa, trabalhos que foram desenvolvidos em gestão anterior, voltarão a ser executados. É o caso do trabalho das máquinas do setor de obras, que irão atuar no interior do Município. Segundo o eleito a vice-prefeito, atividades serão realizadas nas propriedades. As estradas também receberão melhorias.

Zuca Luquini, candidato eleito a prefeito, também possui experiência no ramo público. Foi duas vezes vereador e uma vez Secretário Executivo do Município. Essas conquistas e mais recente, requerem um agradecimento.  “Quero também agradecer as pessoas que confiaram no nosso trabalho. A partir de janeiro começaremos a pôr em prática os planos de trabalho, aquilo que entendemos que é o melhor para o Município”, disse.

Uma das prioridades da gestão é a área da saúde. Melhorias foram solicitadas pelos munícipes. “Mais de 70% da população tem um desejo de melhoria. Nós vamos trazer médicos de fora para trabalhar e também vamos, no máximo até o mês de março, reabrir os cinco postos de saúde do interior”, afirmou Luquini.

Além disso, os candidatos juntamente com uma equipe, acompanharão os trabalhos na prefeitura. Esse processo, segundo Zuca, é fundamental para a transição de mandatários. A ideia é obter conhecimento sobre a situação das atividades na prefeitura. Os eleitos também possuem audiências agendadas com deputados em Curitiba e em Brasília. “Esperamos que no nosso retorno o prefeito nos chame para fazer esse trabalho de transição, que ele libere as portas das secretarias para olharmos de perto os problemas. Precisamos ver como está a situação para nós assumirmos e colocarmos em prática as melhorias”, disse Zuca.

Disnei Luquini também faz um agradecimento pela vitória nas urnas. “Chamamos toda a equipe para conversar. Fizemos um agradecimento a cada um deles. Fomos uma equipe muito bem estruturada. Cada membro fez a sua parte. O Município tem que agradecer essas pessoas porque vão estar junto conosco. Vamos fazer um grande trabalho por Ampére e não vamos esquecer de ninguém. Cada um fez a sua parte e é importante que essas pessoas venham, possam participar, dar opinião agora nesse momento de administrar o Município. Muito abrigado a toda equipe: coordenação, organização, candidatos, todas as pessoas que se envolveram nessa campanha”, afirmou.

Em Ampére, quatro candidatos a vereador foram eleitos pela coligação de Zuca e Nego Corá. “Compromisso e respeito por Ampére”, que engloba o PP, PTB, PR, PEN, DEM e PSD, tem no legislativo o Professor Irio, com 1.098 votos; Cleverson Gregol, 747; Luiz Siqueira, 688 e Tati Luquini com 611 votos. Os outros cinco integram a coligação de Jeferson, que perdeu a eleição na majoritária por 106 votos: Terezinha Fistarol, com 860 votos; Professor Toco, 732; Celso Saggiorato, 713; Ademir de Oliveira, 495 e Peterson Bulgarelli, com 478 votos.