Notícias

Santo Antonio do Sudoeste: ‘Pingo’ é eleito a vereador com 18,58%, proporcionalmente é o mais votado no Paraná

Postada em 15/10/2016

Evandro Barros, que concorria sozinho na proporcional, conseguiu 2.211 votos

Pela primeira vez na disputa a uma vaga no legislativo, Pingo foi o candidato mais votado no Município. A diferença para o segundo com mais preferência foi de 1.226 votos.

Em proporção de porcentagem de votos, ele se tornou o mais votado do Paraná. Isso quer dizer que, pelo número de votos, Evandro poderia assumir a Câmara de Vereadores de Pato Branco e Francisco Beltrão. Nesses municípios, o candidato mais votado não chegou aos 2.000 votos.

Ele também entraria facilmente em Municípios ainda maiores em número de população. É o caso de Cascavel, Foz do Iguaçu e Maringá, em que há mais vagas para vereador. Em Cascavel, o vereador eleito menos votado teve 803 votos e o mais votado, 86 mil.

Para Evandro, que não esperava receber tantos votos, o sentimento é de agradecimento à população e de comprometimento com o trabalho na Câmara. “Podem esperar muito trabalho. Minha responsabilidade aumentou. Quando eu estive no gabinete do prefeito Ricardo, sempre tratamos as pessoas com muita honestidade, com muita sinceridade. Sempre buscamos ser transparente nos atos e vou trabalhar mais ainda. A minha posição vai ser sempre em prol da população”, disse.

O candidato eleito ao legislativo, na sua primeira disputa, possui experiência na área administrativa. Pingo trabalhou com Ricardo Antonio Ortiña, atual prefeito, por mais de sete anos. Ele também foi Secretário de Obras durante um ano. Em outros três anos, atuou no gabinete e nos demais, foi assessor do prefeito.

Pingo destaca que a entrada para o legislativo se deve às oportunidades que teve na administração. “Sempre aprendi muito. A prefeitura tem pessoas capacitados, que me ensinaram muito e na vida, quando se trabalha com pessoas capacitadas, temos que levar o aprendizado pra frente. Sempre tentei me espelhar nessas pessoas. Devo muito a elas e às obrigações que tive que fazer”, disse.

Na visão do eleito, Santo Antonio precisa de mais melhorias. Ações deveriam ser estendidas para a área interiorana. Ele também defende um olhar mais profundo para as pessoas mais necessitadas.

Além disso, é necessário haver a proximidade da população com os vereadores e prefeitos. “Falta proximidade pra ver o que está errado, o que a população está cobrando. Temos que participar mais das comunidades, dos bairros, ouvir a população e os anseios”, enfatizou.

Após assumir o legislativo, a população poderá ter contato com ele através das visitas às comunidades e bairros. Pingo também agradece a família e amigos que apoiaram a decisão da candidatura a vereador.