Notícias

Cresol de Manfrinópolis e Salgado Filho se incorporam à unidade de Francisco Beltrão

Postada em 27/10/2016

Manfrinópolis sediou reunião que abordou as mudanças e benefícios a partir da unificação

O encontro aconteceu no dia 21 de outubro, na comunidade da Linha Barra Grande. Participaram associados das agências de Manfrinópolis e Salgado Filho. As mudanças foram uma das pautas da reunião.

As melhorias também foram destacadas e o fortalecimento das unidades é um dos resultados obtidos. Segundo Antoninho Godin, vice-presidente da Cresol de Francisco Beltrão, um dos motivos da aglutinação foi o fortalecimento da Cooperativa. Assim, as dificuldades foram sanadas. “O agricultor deve entender que ocorreu o fortalecimento dessas unidades. Existia dificuldades e agora o patrimônio de R$ 3 milhões foi para R$ 17 milhões”, afirmou.

De acordo com ele, isso fez com que a Cresol de Francisco se tornasse uma das maiores Cooperativas de Crédito Solidário do Sistema Cresol. Hoje, são mais de 120 milhões de ativos.

Para o associado, isso significa mais oportunidades e nenhuma mudança do que existe. Talões não precisarão ser trocados e financiamentos realizados não serão alterados.

O principal benefício é o crédito. “Havia dificuldade para adquirir recursos por causa do patrimônio. Eram valores baixos e com isso era mais difícil conseguir recurso do BNDS. Nós temos R$ 34 milhões e não vamos precisar pegar de outra instituição financeira”, salientou.

Com o BNDS é mais prático, segundo Antoninho. A Cresol faz todo o encaminhamento com documentos e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social autoriza a liberação.

Além disso, na reunião, foi excluída a hipótese de que a junção seria motivada pela falência das agências de Manfrinópolis e Salgado Filho. Outra questão abordada é o fato que não há diferenciação entre as agências. “Uma diferença é de que não diferencia mais unidade. Se um associado precisar de um talão de cheque ou sacar dinheiro, poderá ir a qualquer uma dos três Municípios. Essa é uma das facilidades. Hoje, vamos tirar essa visão que a Cresol de Salgado Filho e Manfrinópolis estava falida. Não vamos mostrar, o associado tem que ver que vai haver crescimento com essa incorporação. É esse diferencial que nós queremos passar para as pessoas. A unificação dessas três unidades vai ser pelo crescimento e não por diminuir, dizer que perdeu com isso. Se tem muito a ganhar, porque ela vai crescer”, enfatizou.

As reuniões realizadas pela Cresol são mensais. Cada comunidade está representada por agentes. Segundo o vice-presidente, a ideia é realizar encontros que envolvam os três Municípios. Na oportunidade, as receitas e despesas são repassadas aos associados.